Análise Tendências Web 2016/2017

Considerando a quantidade de recursos que temos à nossa disposição através da internet, é curioso como todos os sites parecem cada vez mais semelhantes, e de como o web design precisa de se reinventar e continuar relevante. Temos algumas ideias nas quais acreditamos e palavra de ordem é: diferenciação.

Storytelling

Criar experiências através de uma narrativa visual, orientando o utilizador através de um fio condutor ou cronograma, tem sido uma estratégia cada vez mais utilizada. A era dos sites estáticos chegou ao fim. Com o evoluir de conceitos como o parallax, abriram-se novas possibilidades ao storytelling e os sites tendem a ser mais animados, mais cativantes e por consequência, mais capazes de agarrar o utilizador e fazer com que este retorne. As animações podem contar histórias ou ser o reflexo de uma acção, ou seja, animações funcionais/contextualizadas (micro interações) como meio para melhorar o UX. Visam reduzir a necessidade cognitiva na interpretação da acção, prevenir que as alterações importantes não passam despercebidas.

Revolution.pn_

Micro-interações

Sites enriquecidos por micro-interações capazes de devolver feedback e/ou personalidade/humor à marca ou produto vão-se tornar mais comuns. Os utilizadores tornaram-se mais críticos e mais apreciadores, fruto de um conhecimento adquirido e enriquecido pelo tempo dispendido a navegar na internet, a sua atenção aos detalhes é agora maior e as marcas estão atentas à tendência. Espera-se um aumento exponencial na incorporação de micro interações.

Animações Contextualizadas

As transições de páginas, elementos, etc serão uma obrigatoriedade como modo de contextualização daquilo que está a acontecer assim como serão a chave para reduzir a ansiedade inerente à mudança de página ou conteúdos. Os utilizadores podem ser entretidos com um preview daquilo que irão ver enquanto aguardam pela mudança da página, seja ela breve ou não.

Ilustração Customizada

A ilustração é uma excelente forma de criar elementos visuais únicos, divertidos e user-friendly que estabelecem empatia com o utilizador e assim distinguem uma marca da concorrência. Muitas vezes, as ilustrações são utilizadas como instruções de utilização.

Dropbox

Mailchimp

wrk-French-Creative-Web-Studio
Biscuiterie-bio-en-Picardie-60-La-Pierre-Qui-Tourne

Fotografia Artística

A fotografia artística será cada vez mais utilizada como forma de diferenciação e com o objectivo de contar histórias capazes de envolver os utilizadores. Espera-se um abandono significativo na utilização de imagens stock para se passar a contratar profissionais capazes de criar mensagens/imagens mais cativantes. Também a utilização de vídeo se vai manter e a sua utilização deverá melhorar.

Nurture-Digital-–-Work

Copywriting

Esperam-se conteúdos cada vez mais customizados e focados no cliente tipo da marca. Ter a mensagem em mente será fundamental para que se possa construir uma história visual alinhada com o copy. Ter em conta a voz e o tom com que se escreve é fundamental para que a mensagem seja transmitida, não apenas com sucesso, mas também com prazer. Um bom exemplo é o do Maichimp, uma voz amigável e simples, com um tom informal mas sempre claro e informativo.

Screen-Shot-2016-10-25-at-17.17.41
Writing-Style-Material-design-guidelines

Slack

Análise Tendências Web 2016/2017

Mobile First

O rápido aumento de utilizadores/pesquisas a partir de dispositivos móveis justifica uma alteração abrupta na redefinição das prioridades aquando da criação do layout. Espera-se mais layouts construídos com mobile em mente.

UX

Mais e melhor detalhe ao UX em todos os momentos de contacto entre o cliente e a interface. O UX tem-se vindo a assumir como um elemento fulcral na construção de uma boa experiência de utilização e nos próximos anos esperam-se grandes melhorias na internet, fruto de uma maior incorporação dos conceitos abordados em UX. As questões estéticas serão francamente ultrapassadas por questões de experiência de utilização e espera-se que o designer se preocupe mais com o UX do que com o UI, sendo um bom UI o resultado de um bom UX.

Cores Vibrantes

Esquemas de cores mais ricos, variados e vibrantes.

Cuberto-—-Interactive-Design-Studio

Tipografia

A utilização de tipografia customizada surge como meio para fugir ao monopólio do google fonts e atingir a diferenciação do site e/ou marca. Uma fonte pode inspirar um projeto, dar vida a um título ou afirmar um logotipo.

Design-Embraced-Anthony-Goodwin

Card-Based User Interfaces

Utilização de cards (UI) para agrupar melhor a informação e providenciar formas eficazes para o utilizador fazer uma leitura rápida da informação. Os cards funcionam como espaços criados para organizar o conteúdo de um determinado tipo ou referente a determinado sujeito. A utilização de cards quando se recorre a imagens que esclareçam o utilizador sobre aquilo que está a ver, sendo as imagens, um meio para cativar a atenção. Para além das vantagens anteriormente referidas, os cards possuem ainda a vantagem de serem muito fáceis de redimensionar, o que permite manter o design consistente ao longo dos vários dispositivos, sobretudo aqueles com menores dimensões de ecrã.

Behance

Animações SVG

Os SVG vieram para ficar e as suas possibilidades têm conquistado designers e developers agradando um sem fim de utilizadores. Embora ainda numa fase embrionária, a utilização de SVG tem-se massificado no último ano e espera-se uma explosão de animações criadas com recurso a SVG no próximo ano.

Erica Direito
ericadireito@nqda.pt

UI/UX designer @ NQ Digital Agency